• abrace essas dez

    Você sabe quais são as espécies mais ameaçadas do estado do Rio de Janeiro? A Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) escolheu 10 das espécies em risco de extinção para ...

  • guirlanda de rolhas de vinho

    Por Andrea Mieko | Publicado originalmente no Greenstyle O Natal está chegando e muitos estão se preparando para comemorar essa data tão especial. Montar a árvore, pendurar a guirlanda na porta, ...

  • Green Heart

    Por Andrea Mieko | Publicado originalmente no Greenstyle  Você é daquelas pessoas que está sempre tentando encontrar um jeito mais sustentável de levar a vida? Que volta e meia se sente ...

  • Dirija Menos

    Por Andrea Mieko | Publicado originalmente no Greenstyle Se entrar em forma ficou como meta pra 2012, não deixe de conferir estas dicas que formulamos com base em texto publicado no ...

  • amazonia

    Veja abaixo anúncios super inspiradores feitos pelo pessoal da WWF. Sem mais explicações, as imagens dizem tudo. Quem quiser conhecer o trabalho da ONG, clique aqui.

  • tigre

    01 - Tigre Novos levantamentos indicam que existem menos de 3,2 mil tigres na natureza. Hoje, só restam apenas 7% do habitat natural destes animais. O extermínio dos tigres também está ...

  • bed+zed

    "Construções bioclimáticas, arquitetura sustentável, ecovilas, green buildings, bioconstrução, permacultura, construção ecológica e empreendimentos verdes são temas bastante discutidos hoje. Com a preocupação cada vez maior com as questões ambientais, ...

  • imagem-12

    E eu que pensava em pesquisar produtos de limpeza que fossem mais ecológicos nas prateleiras do supermercado, descobri uma maneira muito mais ‘sustentável’! Encontrei receitas de como fazer seu próprio ...

Arquitetura Sustentável

Posted by meumundosustentavel 10 Comments

premio_2006Encontrei um excelente site de uma Empresa de Arquitetura de São Paulo que faz seus projetos com foco na sustentabilidade. Não conheço o trabalho da Empresa, mas podemos visualizar no site dois projetos muito bons que foram vencedores do Prêmio Planeta Casa na categoria Design de Interiores.

Meu objetivo não é fazer propaganda dessa empresa (sei que acabei fazendo), mas divulgar o conteúdo disponibilizado no site sobre os conceitos, princípios e benefícios da Arquitetura Sustentável. Acredito que isso vá estimular os futuros arquitetos a se especializarem nessa área, que está claro ser a “moda” do momento.

[O texto abaixo foi inteiramente retirado do site Cria Arquitetura Sustentável e autorizado para ser divulgado aqui]

O que é um projeto sustentável?

Hoje os edifícios são os principais responsáveis pelos impactos causados à natureza, pois consomem mais da metade de toda a energia usada nos países desenvolvidos e produzem mais da metade de todos os gases que vem modificando o clima.

O projeto de arquitetura sustentável contesta a idéia do edifício como obra de arte e o compreende como parte do habitat vivo, estreitamente ligado ao sítio, à sociedade, ao clima, a região e ao planeta. Se compromete a difundir maneiras de construir com menor impacto ambiental e maiores ganhos sociais, sem contudo, ser inviável economicamente.

A elaboração de um projeto de arquitetura na busca por uma maior sustentabilidade deve considerar todo o ciclo de vida da edificação, incluindo seu uso, manutenção e sua reciclagem ou demolição. O caminho para a sustentabilidade não é único e muito menos possui receitas, e sim depende do conhecimento e da criatividade de cada parte envolvida.

“É extremamente importante que o profissional tenha em mente que todas as soluções encontradas não são perfeitas, sendo apenas uma tentativa de busca em direção a uma arquitetura mais sustentável. Com o avanço tecnológico sempre surgirão novas soluções mais eficientes.” (YEANG,1999)

Princípios básicos que devem nortear o projeto:

• Avaliação do impacto sobre o meio em toda e qualquer decisão, buscando evitar danos ao meio ambiente, considerando o ar, a água, o solo, a flora, a fauna e o ecossistema;
• Implantação e análise do entorno;
• Seleção de materiais atóxicos, recicláveis e reutilizáveis;
• Minimização e redução de resíduos;
• Valorização da inteligência nas edificações para otimizar o uso;
• Promoção da eficiência energética com ênfase em fontes alternativas;
• Redução do consumo de água;
• Promoção da qualidade ambiental interna;
• Uso de arquitetura bioclimática.

Construção sustentável custa mais caro?

A adoção de soluções ambientalmente sustentáveis na construção não acarreta em um aumento de preço, principalmente quando adotadas durante as fases de concepção do projeto. Em alguns casos, podem atéreduzir custos. Ainda que o preço de implementação de alguns sistemas ambientalmente sustentáveis em um edifício verde gere um custo cerca de 5% maior do que um edifício convencional, sua utilização pode representar uma economia de 30% de recursos, durante o uso e ocupação do imóvel.

Um sistema de aquecimento solar, por exemplo, se instalado em boas condições de orientação das placas, pode ser pago, pela economia que gera, em apenas um ano de uso. Edifícios que empregam sistema de reuso de água (a água dos chuveiros e lavatórios, após tratamento, volta para abastecer os sanitários e as torneiras das áreas comuns) podem ter uma economia de água da ordem de 35%. Por princípio, a viabilidade econômica é uma das três condições para a sustentabilidade.

Cenário da Construção Civil e Conceito de Construção Sustentável

As cidades e seu metabolismo são as grandes responsáveis pelo consumo de materiais, água e energia, sendo assim razoável pensar que, em um futuro próximo, continuarão a produzir grandes impactos negativos sobre o meio natural.

Muitos destes impactos negativos são gerados pelo setor da construção civil, que responde por 40% do consumo mundial de energia e por 16% da água utilizada no mundo. De acordo com dados do Worldwatch Institute, a construção de edifícios consome 40% das pedras e areia utilizados no mundo por ano, além de ser responsável por 25% da extração de madeira anualmente. É natural que a sustentabilidade assuma, gradualmente, uma posição de cada vez mais importância neste cenário.

O conceito de Construção Sustentável baseia-se no desenvolvimento de modelos que permitam à construção civil enfrentar e propor soluções aos principais problemas ambientais de nossa época, sem renunciar à moderna tecnologia e a criação de edificações que atendam as necessidades de seus usuários.

O que são materiais ecológicos?

Ecoprodutos são todos artigos de origem artesanal ou industrializada, que sejam não-poluentes, atóxicos, benéficos ao meio ambiente e á saúde dos seres vivos, contribuindo para o desenvolvimento sustentável.
Como saber se o material/tecnologia é sustentável ou menos impactante?
• Matéria-prima – é virgem ou reciclada? Como é extraída? É um recurso renovável?
• Qual é o processo produtivo? Apresenta baixo consumo de energia? E de água? O processo é poluente? (ar, água, terra, som). Gera q tipo de resíduos?
• O produto é poluente?
• Sua instalação, manutenção gera resíduos?
• Como é a logística de distribuição do produto? Consome muita energia?
• E a embalagem? Possui potencial de reciclagem ou de reuso?
• Possui algum tipo de certificação ( tipo ISSO 14001) ou SELO?

Confira no site alguns exemplos de materiais e tecnologias utilizados nos projetos de arquitetura sustentável do Cria Arquitetura: Economia de água e energia, Conforto termo-acústico, Qualidade interna do ar, Madeiras, Tecidos e fibras sustentáveis, Comércio solidário e consumo consciente, e outras alternativas.”

Parabéns pela inciativa das arquitetas que se especializaram em Bioconstrução, Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

10 Responses so far.

  1. As madeiras ecólogicas EUCKA são tratadas em Autoclave e garantem proteção contra fungos e cupins por 15 anos. Linha para arquitetura interna e externa: decks, lambris, assoalhos, forros, batentes, vigamentos para pergolados, e estruturas de telhados. Fabricamenos também peças roliças de eucalipto tratado para construções rusticas. No seu proximo projeto especifique madeiras ecológicas EUCKA, solução para auxiliar na proteção de nossas florestas.
    Solicite informações para saber de nosso revendedor mais próximo: eucka@obra.eng.br, ou ligue para 0800-770 2131. Grato
    Ricardo Carvalho
    EUCKA Madeiras Ecológicas

  2. Monique Becker says:

    Olá,

    Trabalhamos com assessoria de imprensa e um de nossos clientes é a empresa fabricante de esquadrias de PVC, Weiku.

    Gostaríamos de saber o e-mail para enviarmos informações sobre a marca.

    Grata,
    Monique Becker
    Presse Comunicação Empresarial
    http://www.presse.inf.br

  3. Bom dia
    Meu nome é Everton trabalho para a ECO-CLEAR artefatos em cimento
    gostaria de apresentar uma ” novidade ” em claridade e design para aplicar em laje .

    ”UMA LAJOTA QUE TRANSMITE LUZ SOLAR PARA DENTRO DO AMBIENTE”

    ”ecolaje”

    consute nosso site é:

    http://www.ecolaje.com.br
    http://www.ecolaje.com.br/index.htm

    fone: 5924-7625 / 7978-6759
    ecolaje@hotmail.com

  4. Oi
    Gostaria de falar que a palavra cisas=coisas
    escrevi errado desculpe
    Atrensiosamente

    laise

  5. Oi,
    Adorei o site , mais gostaria que o conteudo de algumas cisas sejam mais claros e objetivos .
    Ex.:materiais de construcoes ecologicos,de que materiais as casas sustensveis são feitas,etc…
    Obrigado
    Laise

  6. MARIA DO ROSARIO LIMA says:

    matéria muito rica repassarei para várias pessoas, para cada vez mais podermos nos conscientizar, sou ambientalista, trabalho, com reciclagem e reutilização de material, faço papel, bijuteria de pet, de papelão com tecido, o que vejo na natureza que está sendo chamado de lixo passa a ser luxo.

    abraços reciclados e reutilizados, gostaria de recerber email

  7. nilza says:

    gostei muito da idéia da casa ecologica, mas é uma pena que não dá direito a toda população, principalmente de baixa renda, que são as que mais precisam de economizar. Seria bom que todos pudessem desfrutar desse projeto. bom para todos e para a natureza. Meio ambiente agradece.

Leave a Reply


    RSS Facebook Twitter Orkut

Pesquisar no site